Expedição Alter do Chão

R$ 1.95

Descrição

Alter do Chão é uma vila turística localizada a 32 Km de Santarém, no Estado do Pará, às margens do Rio Tapajós, afluente do Rio Amazonas. O acesso é feito a partir de Belém, em voo até Santarém e, de lá, traslado via terrestre, em estrada asfaltada. O Rio Tapajós possui águas cristalinas e esverdeadas – característica única entre os afluentes do Amazonas – e na sua foz, proporciona o fantástico espetáculo do encontro de suas águas com as barrentas do Amazonas, sem misturar-se. Esse fenômeno ocorre devido as diferentes velocidade e densidade das correntes. Conhecida como “Caribe Amazônico”, o município tem cerca de 2.000 quilômetros de praias exóticas, algumas de fácil acesso e outras completamente desertas e isoladas, banhadas pelas águas claras do Tapajós. Além de praias fluviais e passeios de barco pelo Rio Tapajós, a região oferece cachoeiras, florestas e comunidades que podem ser visitadas. Vale a pena pernoitar a bordo e apreciar toda a beleza da região. A pequena área urbana de Alter do Chão abriga o Centro para a Preservação da Arte, da Cultura e da Ciência Indígena (CPAI), conhecido como Museu do Índio, onde podem ser encontrados objetos raros e a história de 70 tribos da região amazônica.

 

 

Roteiro

  • 1º dia – Origem / Santarém – Alter do Chão

Apresentação no aeroporto de origem com 2 horas de antecedência em relação ao horário de seu voo com destino à Santarém. Chegada, recepção e traslado para a vila de Alter do Chão. Acomodação no hotel.

  • 2º dia – Lago Verde – Serra da Piroca – Igapó do Macaco – Floresta Encantada ou Igarapés

Café da manhã no hotel e em horário predeterminado, saída para o início da travessia do Lago Verde, em canoa indígena, rebocada por pequeno motor (rabeta). Cruzaremos o Lago Verde e aportaremos na principal praia de Alter do Chão, a Ilha do Amor. Iniciaremos nossa caminhada em direção a Serra Piroca, que é a elevação principal da região, neste percurso temos a presença da vegetação de cerrado até começar a subida íngreme, mas relativamente curta. Depois de uma hora de caminhada, alcançaremos o topo da serra, onde teremos uma visão de 360 graus do rio Tapajós que em alguns trechos atinge uma largura de mais de 20km, o Lago Verde com inúmeras baias, o Amazonas ao norte e Alter do Chão ao sul. Este é o ponto de grande beleza cênica da Floresta Nacional do Tapajós. Retornaremos para a embarcação e navegaremos com destino ao Igapó do Macaco. Entre os meses de março a agosto, parte da selva fica submersa e a paisagem é belíssima, com possibilidade de visualização de peixes e de pássaros que habitam as árvores do igapó. Neste período visitaremos outra selva inundada, a Floresta Encantada, mais densa, com árvores de porte médio. Neste lugar reina o silêncio de uma harmonia única. Entre os meses de setembro a fevereiro, a paisagem no igapó é completamente diferente, sendo composta de igarapés e nascentes com águas cristalinas, onde poderemos tomar um bom banho de igarapé. Visitaremos os Igarapés do Macaco e do Camarão. No fim da tarde, faremos um passeio no grandioso rio Tapajós até a Ponta do Muretá, para contemplar o belo pôr-do-sol, com possível avistamento de botos tucuxis e cor-de-rosa.

  • 3º dia – Ponta de Pedras – Ponta do Jarí – Ponta do Cururu

Após café da manhã, saída em barco regional ou lancha com destino a uma baía com vegetação submersa. As árvores são pequenas com troncos grossos, a paisagem é belíssima, com possibilidade de visualização de peixes e observação de aves. O desembarque será numa pequena praia prosseguindo por uma trilha com destino a comunidade de Ponta de Pedras, a vegetação é composta de savana, um tipo de cerrado e floresta. Um destaque na trilha é a seringueira (Hevea Brasiliensis) de grande importância econômica para a Amazônia no século passado. Parada para um breve descanso, seguindo de lancha ate a ponta do Jarí, um canal natural de ligação entre o rio Tapajós (águas claras) e o Amazonas (águas barrentas). A Ponta do Jarí é uma área inundada e dormitório de papagaios e garças, a revoada pode ser observada ao entardecer ou amanhecer, dependendo do período do ano é possível a observação de jacarés, macacos, iguanas e preguiças. No retorno, haverá uma parada para banho na Ponta do Cururu. Retorno ao hotel e noite livre.

  • 4º dia – Alter do Chão – Santarém / Origem

Café da manhã no hotel e check out, em horário predeterminado e previamente informado pelo receptivo, traslado para o aeroporto de Santarém para embarque com destino a cidade de origem.
OBS: As atividades realizadas na natureza dependem das condições climáticas. As atividades poderão ser alteradas devido a fatores ambientais. A observação de animais em seu hábitat natural é uma atividade que depende de sorte, e não sendo possível garantir o avistamento de nenhuma espécie.

 

 

Preço

Preço por pessoa em R$, parte terrestre, a partir de:
 Validade: até 20 de dezembro de 2018 (exceto feriados e eventos)

Hospedagem
Single
Duplo
Triplo
Hotel Belo Alter, Mirante da Ilha ou Borari
R$ 3.649
R$ 1.950
R$ 1.853

AS TARIFAS ESTÃO SUJEITAS A ALTERAÇÕES SEM PRÉVIO AVISO

 

PARTE AÉREA

  • CONSULTE AS TARIFAS DO DIA!
  • Devido à dinâmica das companhias aéreas, os valores estão sujeitos a alterações diariamente e à disponibilidade de lugares.
  • São garantidos somente no ato da emissão da passagem aérea, conforme as regras vigentes.
  • Programe-se com antecedência para aproveitar as melhores tarifas.

 

 

Peça seu orçamento


 

 

Inclui

  • Traslados de chegada e saída: aeroporto de Santarém / Alter do Chão / aeroporto de Santarém;
  • 03 noites em Alter do Chão com café da manhã no hotel escolhido;
  • Barco regional para a expedição;
  • Passeios conforme programação;
  • Todos os serviços em PRIVATIVO;
  • Seguro viagem plano Vip – Brazilian Assist;

 

 

Não Inclui

  • Parte aérea Origem/Santarém/Origem;
  • Serviços de comunicação (telefonia e internet);
  • Refeições não informadas e bebidas;
  • Demais serviços não descritos acima.
  • Os preços estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação) e estão sujeitos à alterações sem aviso prévio.
  • A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.

 

 

Observações

  • O ministério da saúde recomenda (não obrigatório) a vacinação da febre amarela para todos os viajantes acima de 09 meses de idade que entram em zonas endêmicas no Brasil, como a região amazônica;
  • Por se tratar de um itinerário em meio à natureza, os atrativos e percurso estão sujeitos à alteração de acordo com o nível do rio, garantindo a segurança e conforto dos viajantes;
  • Considerando as atividades no último dia do roteiro, indicamos que o voo de retorno a partir do Aeroporto de Santarém seja após as 14h00;

 

 

Formas de Pagamento

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa ou Mastercard: 40% entrada (depósito bancário ou cheque) + 3 parcelas iguais no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário ou cheque) + 2 parcelas iguais no cartão

Importante:
Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

 

 

 


Alter do Chão – 4 dias (CE)