Índia – Trekking Singalila e Sikkim – Saída com Guia Brasileiro

R$ 4.25

Descrição

14 dia(s) – Saída(s): 16/10/2017

Saída com guia brasileiro: Marcelo Guimarães

 

 

 

 

 

Nesta viagem visitaremos a cidade de Darjeeling, conhecida como “Rainha das Montanhas”, que é o nosso ponto de partida para um trekking de 78 kilometros no “Parque Nacional de Singalila” – um dos últimos refúgios naturais na divisa entre Índia e Nepal. O Singalila pode ser chamado de “Camarote do Mundo” – uma trilha onde em dias limpos você poderá avistar quatro entre as cinco mais altas montanhas do mundo: o Everest (8.848 m), o Kangchenjunga (8.586 m), o Lhotse (8.571 m) e o Makalu (8.418 m). No Sikkim, um antigo Reino independente e anexado como estado da Índia em 1975, vamos conhecer a primeira capital, Pelling, e a atual capital do estado, Gangtok. Além de monumentos históricos, veremos paisagens naturais que formam uma das mais ricas biodiversidades do Himalaya.

 

 

Roteiro

Legenda para refeições: C – café da manhã / A – almoço / L – lanche de trilha / J – jantar.

1º DIA (16/10): DELHI / BAGDOGRA – DARJEELING – Voo à Bagdogra. Pernoite em Darjeeling
2º DIA (17/10): DARJEELING (C) – Visita ao Instituto de Montanhismo do Himalaya. Festival de Diwali. Pernoite em Darjeeling.
3º DIA (18/10): DARJEELING / RIMBIK (50 km) (C, L, J) – Pernoite em Lodge em Rimbik.
4º DIA (19/10): RIMBIK / SRI KHOLA / GORKHAY (18 km) (C, L, J) – Trekking. Pernoite em Lodge em Gorkhay.
5º DIA (20/10): GORKHAY / PHALUT (15 km) (C, L, J) – Trekking. Pernoite em Lodge em Phalut.
6º DIA (21/10): PHALUT / SANDAKPHU (21 km) (C, L, J) – Trekking. Pernoite em Lodge em Sandakphu.
7º DIA (22/10): SANDAKPHU / TUMLING (19 km) (C, L, J) – Trekking. Pernoite em lodge em Tumling.
8º DIA (23/10) TUMLING / CHITREY / PELLING (SIKKIM) (C) – Trekking. Pernoite em Pelling.
9º DIA (24/10): PELLING (C) – Visita ao Monastério Pemayangtse, às ruínas de Rabdentse, ao lago Khecheopauri. Pernoite em Pelling.
10º DIA (25/10): PELLING / TASHIDING / YUKSAN (C) – Visita ao vilarejo e Monastério Budista de Tashiding, Yuksam e a cachoeira de Phomromg. Pernoite em Pelling.
11º DIA (26/10): PELLING / GANGTOK (C) – Visita à Ravangla e caminhada pelo centro de Gangtok. Pernoite em Gangtok.
12º DIA (27/10): GANGTOK (C) – Visita ao Centro de Artes e Artesanato do Sikkim, Monastério de Emcheylinha Nyingma, Instituto de Pesquisas da Cultura Tibetana, Do Dul Chorten (stupa) e ao Flower Show (Centro de Exposição de Plantas Ornamentais). Pernoite em Gangtok.
13º DIA (28/10): GANGTOK / DARJEELING (C) – Pernoite em Darjeeling.
14º DIA (29/10): DARJEELING / BAGDOGRA (C) – Traslado ao aeroporto de Bagdogra.

 

 

Roteiro Detalhado

1º DIA (16/10): DARJEELING
Chegada ao aeroporto de Bagdogra e transfer em veículo até Darjeeling (82 km/3 horas). Pernoite em Darjeeling

2º DIA (17/10): DARJEELING (C)
Após o café da manhã vamos caminhar pela cidade e visitar o Instituto de Montanhismo do Himalaya – centro de ensino dirigido pelo Tenzing Norgay Sherpa, primeiro homem a chegar ao cume do Everest. Almoço e saída para visita a campos de produção de chás- considerados um dos melhores no mundo. No final dia vamos ao mirante da cidade para assistir o pôr do sol sob o Kangchenjunga (terceira montanha mais alta do mundo com 8.586 metros) e ao anoitecer vamos acompanhar e comemorar o Festival de Diwali. Pernoite em Darjeeling.

*Darjeeling – O nome de “Darjeeling” é uma combinação das palavras tibetanas Dorje (raio) e ling (lugar), o que é traduzido como “A terra do raio”, e fica situada perto do Kangchenjunga, a terceira mais alta montanha do mundo. A cidade também conhecida como “Rainha das Montanhas” encontra-se a 2.300m e pode propiciar a contemplação das altas montanhas na janela do seu quarto.

*Instituto de Montanhismo do Himalaya – instituição criada em 1954 para incentivar o montanhismo como um esporte organizado na Índia. Tenzing Norgay foi o primeiro diretor de treinamento de campo.

*Campos de Chás – O plantio de chá em Darjeeling começou em 1841 pelo Sir Arthur Campbell, um cirurgião do serviço médico indiano. O “chá de Darjeeling” só pode se referir ao chá que tem sido cultivado e processados em jardins de chás localizados em áreas íngremes acima de 4.000 pés (cerca de 1.200 metros).

* Festival de Diwali – é um dos maiores festivais de hindus, celebrado com grande entusiasmo e felicidade na Índia. O festival é comemorado por cinco dias contínuos, onde o terceiro dia é comemorado como o festival principal de Diwali ou o “festival das luzes”. Diferentes variedades de fogos de artifício estão sempre associadas a este festival. Neste dia auspicioso, as pessoas acendem diyas e velas em toda a sua casa. Eles executam Laxmi Puja à noite e buscam as bênçãos divinas da Deusa da Riqueza. O festival de Diwali nunca é completo sem troca de presentes.

3º DIA (18/10): DARJEELING / RIMBIK (50 km) (C, L, J)
Café da manhã e transporte terrestre em 3 horas de viagem até o vilarejo de Rimbik. Pernoite em Lodge em Rimbik.

*Parque Nacional de Singalila – foi decretado, em 1992, como parque nacional e está localizado na Serra de Singalila a uma altitude de mais de 7000 metros acima do nível do mar. O Singalila foi usado como uma rota de aproximação da equipe de montanhismo que tentou subir Kangchenjunga em 1905. A equipe foi liderada por Jules Jacot-Guillarmod e pelo famoso ocultista Aleister Crowley. O parque conta com mais de 120 espécies de pássaros registradas. O panda vermelho (Ailurus fulgens), também chamado de gato-urso, um pequeno mamífero nativo das florestas do Himalaya é o símbolo do parque.

*Fronteira Índia e Nepal – o trajeto do trekking passa entre as fronteiras dos dois países com controle de visitantes sendo realizado pelo Exército da Índia em postos de controle.

4º DIA (19/10): RIMBIK / SRI KHOLA / GORKHAY (18 km) (C, L, J)
Café da manhã e início de nosso primeiro dia de caminhada em trilha acentuada até o vilarejo de Ramman (2.560 m). No caminho passaremos por casas de moradores tradicionais com jardins floridos e plantações consorciadas com a floresta. Almoço em Ramman e continuação ao vilarejo de Gorkhay (2.800m) em meio à floresta de pinheiros. Chegada em Gorkhay e restante da tarde livre para descanso ou banho de rio. Pernoite em Lodge em Gorkhay.
Tempo de trek: 05 a 07 horas

5º DIA (20/10): GORKHAY / PHALUT (15 km) – (C, L, J)
Café da manhã e caminhada com destino a Phalut (3.600 m) onde no caminho poderemos observar florestas de pinheiros, rododendros entre outras espécies da flora e fauna local. Chegada em Phalut e, após pequeno descanso, subiremos até um mirante natural de onde avistaremos o Kangchenjunga muito próximo e veremos o por do sol no Himalaya. Pernoite em Lodge em Phalut.
Tempo de trek: 05 a 07 horas

6º DIA (21/10): PHALUT / SANDAKPHU (21 km) (C, L, J)
Após café da manhã faremos nossa caminhada até Sandakphu (3.658 m) – ponto mais alto do Singalila. Esse vai ser um dos dias mais longos de caminhada, mas também um dos mais gratificantes. Enquanto o vale plano é coberto por rododendros, no horizonte há a presença imponente do Everest (8.848 m), do Kangchenjunga (8.586 m), do Lhotse (8.571 m) e do Makalu (8.418 m), quatro entre as cinco mais altas montanhas do mundo. Chegada em Sandakphu e restante da tarde livre para descansar e curtir a linda paisagem. Pernoite em Lodge em Sandakphu.
Tempo de trek: 06 a 08 horas

7º DIA (22/10): SANDAKPHU / TUMLING (19 km) (C, L, J)
Esse será o último dia de caminhada no interior da área do Parque Nacional de Singalila. Durante o trajeto vamos passar pelos vilarejos de Gairibas, Kaliphokari (3.108 m) e Jaubari, um pequeno vilarejo que nos oferece uma excelente vista do Everest. Nossa última noite na montanha. Pernoite em lodge em Tumling.
Tempo de trek: 06 a 07 horas

8º DIA (23/10) TUMLING / CHITREY / PELLING (SIKKIM) (C)
Neste dia daremos início ao trecho final do nosso trekking. Após o café da manhã teremos uma curta caminhada (5km) até a chegada a Chitrey, passando pelo monastério de Meghma (2.134 m). No percurso vamos caminhar alguns trechos entre estrada usada por moradores e trilha que passa por um pequeno monastério budista. No final da caminhada o carro estará nos aguardando para seguirmos viagem (6 horas) com destino a Pelling, no Sikkim. No trajeto faremos uma parada em Melli para retirada do nosso documento de permissão para entrada no Sikkim (Inner Line Permit), no Centro de Controle de Visitantes Estrangeiros. Pernoite em Pelling.
Tempo de trek: 03 a 05 horas

9º DIA (24/10): PELLING (C)
Café da manhã e visita ao Monastério Pemayangtse, construído pelo Lama Lhatsun Chempo no século 17, as ruínas de Rabdentse (antiga capital do Sikkim) e o lago Khecheopauri no vale de Demazong, local sagrado para budistas e hindus. Pernoite em Pelling.

10º DIA (25/10): PELLING / TASHIDING / YUKSAN (C)
Após café da manhã vamos visitar o vilarejo e o Monastério Budista de Tashiding, fundado em 1641, e um dos mais importantes do estado com cerca de 150 monges. Almoço e seguimos para Yuksam, local onde foram coroados os primeiros reis do Sikkim. No caminho, parada para ver a cachoeira de Phomromg. Pernoite em Pelling.

11º DIA (26/10): PELLING / GANGTOK (C)
Café da manhã e seguimos para Gangtok – capital administrativa do Sikkim (116km). No caminho parada em Ravangla para visitar uma das maiores imagens de Buda na Índia. Chegada, hospedagem e caminhada pelo centro da cidade. Pernoite em Gangtok.

* Gangtok – É um município, a capital e a maior cidade do Sikkim. É também a sede do distrito de East Sikkim. Gangtok está localizado na região leste do Himalaia, a uma altitude de 1.650m. A população da cidade de 100.000 pertence a diferentes etnias, como Nepali, Lepchas e Bhutia. Gangtok tornou-se um importante centro de peregrinação budista após a construção do monastério de Enchey em 1840. Em 1894, a decisão Sikkimese Chogyal, Thutob Namgyal, transferiu a capital a Gangtok. No início do século 20, Gangtok tornou-se uma parada importante na rota comercial entre Lhasa no Tibete e cidades como Kolkata (então Calcutá) na Índia britânica.

12º DIA (27/10): GANGTOK (C)
Café da manhã e dia de passeio pelos principais atrativos de Gangtok: Centro de Artes e Artesanato do Sikkim, Monastério de Emcheylinha Nyingma pertencente aos monges da (200 anos), Instituto de Pesquisas da Cultura Tibetana, Do Dul Chorten (stupa) com sua grande cobertura dourada, e ao Flower Show (Centro de Exposição de Plantas Ornamentais). Pernoite em Gangtok.

13º DIA (28/10): GANGTOK / DARJEELING (C)
Café da manhã e transfer para Darjeeling. Restante do dia livre para descanso, compras ou passeio (opcional). Pernoite em Darjeeling.

Sugestão: Templo Budista da Ordem Hinayana ou passeio de Toy Train (declarado pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade em 1999). Pernoite em Darjeeling.

14º DIA (29/10): DARJEELING / BAGDOGRA (C)
Despertar cedo e depois do café da manhã, transfer ao aeroporto de Bagdogra (82 km/3 horas) para retorno.

O ROTEIRO PODERÁ SER ALTERADO DE ACORDO COM CONDIÇÕES CLIMÁTICAS E/OU POR MOTIVOS ALHEIOS A NOSSA VONTADE.

 

 

O programa inclui

– traslados privativos compartilhados para todos os nossos clientes (motorista de língua inglesa);
– hospedagem com café da manhã em Darjeeling, Pelling e Gangtok;
– acomodação em Lodges em quartos compartidos com pensão completa (café da manhã, almoço ou lanche trilha e jantar);
– todos os passeios citados em serviço privativo compartilhado para todos os nossos clientes, com acompanhamento de guia local falando inglês, taxas e transporte quando necessário;
– 01 duffle bag para ser levado pelo carregador – até 10kg por pessoa;
– acompanhamento de guia brasileiro a partir de Darjeeling para grupo com mínimo de 4 pessoas);
– licença para trekking no Parque Nacional de Singalila;
– permissão para visita no SIKKIM;
– refeições mencionadas no roteiro;
– seguro viagem.

 

 

Não inclui

– Imposto de renda referente a remessas ao exterior (Deve ser pago juntamente com a entrada da viagem);
– visto para a Índia (aproximadamente R$ 145,00);
– refeições e bebidas não mencionadas;
– despesas pessoais;
– qualquer outro item não mencionado como incluso.

 

 

 

 

Valores

Terrestre a partir de Bagdogra

Preços por Pessoa em US$

Hospedagens Triplo Duplo Single CHD
Conforme roteiro – a partir de 4 pessoas 3.870,00 4.250,00 5.090,00
Valor com adicional para saída com mínimo de 2 pessoas 4.280,00 4.660,00 5.500,00

 

Adicional Aéreo sem taxas de embarque (valor de referência)

Preços por Pessoa em US$

Companhia Aérea a partir de
São Paulo/Delhi/São Paulo .
Aéreos locais Delhi / Bagdogra / Delhi (com taxas) 200,00

* O valor apresentado pode sofrer variação para mais ou menos dependendo de disponibilidade na reserva

 

* As tarifas aéreas utilizadas para cálculo dos valores acima estão sujeitas a restrições relativas a endosso, remarcação, reembolso, validade para programas de fidelidade das cias aéreas e prazo de emissão, muitas vezes imediato, e são passíveis de variações de acordo com a política de preços da companhia aérea. Preços por pessoa válidos para a saída mencionada neste roteiro. Preços calculados para saídas com mínimo de 2 pessoas. Preços sujeitos a alteração sem aviso prévio. Todos os preços serão convertidos para o Real utilizando câmbio do dia do pagamento. Caso haja pagamento de adicional para saída com mínimo de 2 pessoas, o câmbio utilizado será do dia do pagamento da diferença.

 

 

 

 

 

Hospedagem

DARJEELING:
The Hermitage (ou similar) – http://hermitageresortdj.com

PELLING:
Norbu Ghang Resort – http://norbu-ghang-resort-pelling.hotelsgds.com

GANGTOK:
Denzong Regency (ou similar) – www.denzongregency.com

Lodges de Montanha: Durante o trekking dormiremos em lodges de montanha sem banheiro privativo, dividindo o quarto com mais uma pessoa. Em alguns lodges, o quarto pode ser dividido com mais pessoas, dependendo do número de trekkers presentes no Lodge. Em alguns Lodges é possível ter banho quente.

 

 

Seguro

Seguro Saúde/Viagem da Intermac Assistance, plano Green, durante o período da viagem.

 

 

Guia

Acompanhamento de guia brasileiro (Marcelo Guimarães) a partir de Darjeeling para grupo a partir de 4 pessoas.
Marcelo Guimarães – Ambientalista com larga experiência no terceiro setor no Brasil e Exterior, já atuou como coordenador regional de programas de capacitação de Monitores Ambientais em Ecoturismo (Reserva de Biosfera da Mata Atlântica/MAB/UNESCO), membro de conselhos gestores em Unidades de Conservação da Natureza (UCs) no Paraná e Rio de Janeiro, e articulador de Programa de Intercâmbio e Trabalho Voluntário Internacional entre Brasil e Alemanha. Dedica-se há muitos anos aos estudos de filosofias orientais (Hinduísmo e Budismo) e é praticante de yoga e montanhismo, tendo adquirido grande experiência em vivências e expedições no Himalaya. Atualmente acompanha, como especialista, viagens culturais e de aventura na Índia, Nepal e Butão, além de países do sudeste asiático (Tailândia, Vietnã, Camboja, Laos, Myamar e Indonésia).

 

 

Informações Úteis

Documentos necessários para embarque: Passaporte com validade mínima de 6 meses contados a partir da data de embarque, com mínimo de 3 folhas em branco lado a lado, para cada país (ainda assim alguns países exigem um maior número de folhas em branco).

Vacinas necessárias: É obrigatória a apresentação do cartão de vacinação internacional contra a febre amarela. A vacina deve ser tomada com pelo menos 10 dias de antecedência da data de saída da viagem. Como a vacina pode causar reações, consulte o seu médico antes de se vacinar.

Visto: Brasileiros precisam de visto para visitar a India. O visto deverá ser solicitado pelo viajante diretamente ao consulado que atende sua região. O portador de passaporte Brasileiro também pode requerer eletronicamente um visto de turismo em https://indianvisaonline.gov.in/visa/tvoa.html. O formulário está em inglês. Informe-se sobre o procedimento para a obtenção do visto no site do consulado. www.indiaconsulate.org.br ou com nossos consultores (valor aproximado R$145,00).

***Não nos responsabilizamos pela obtenção dos vistos. A autorização ou não autorização para entrada em cada país é determinada pelos órgãos responsáveis, ficando a critério dos mesmos a aceitação ou não da sua documentação.

 

Índia – Trekking Singalila e Sikkim – SAÍDA COM GUIA BRASILEIRO MARCELO GUIMARÃES (V)