1° DIA BAKU

Chegada no aeroporto de Baku e desembarque. Boas vindas por parte de nossa equipe e transfer para o hotel.
Pernoite no Hotel Merchant

2° DIA BAKU

Após o café da manhã, exploraremos a capital da terra do fogo - Baku. Caminhada pela cidade velha, composta por ruelas estreitas, cercada por uma muralha da cidadela de Ichari Shahir (séculos XV-XVII). A grande maioria da área está fechada ao tráfego e é um Patrimônio Mundial da UNESCO. Mais tarde, visita aos arredores da cidade.
Lugares para visitar:
O parque memorial, que oferece uma vista panorâmica da cidade. Se as condições meteorológicas permitir, a subida ao parque será na cremalheira
Um passeio pelas ruas típicas da cidade velha de Baku
O Palácio do Xá de Shirvan (século XV) – atualmente o museu
Torre da Donzela (século XII) na Praça Meidan
Green Bazaar - mercado local, degustação de chá local acontecerá aqui
Ateshgah (XVII-XVIII c.) (patrimônio da UNESCO) – é um templo de devotos do fogo. As raízes históricas deste monumento remontam aos tempos em que se formava o estado do Azerbaijão e quando o zoroastrismo, parte central dos rituais onde o fogo participava, buscava proteção contra a adversidade e a opressão. Acredita-se que os incêndios antigos deram ao Azerbaijão seu nome, segundo alguns pesquisadores, Azerbaijão significa “terra do fogo”.
Yanar Dagh – em tradução, montanha em chamas. O acúmulo de gases faz com que a fonte fique acesa eternamente, há momentos em que as chamas do fogo atingem até 7-10m de altura
Degustação de exclusivo caviar preto do Mar Cáspio no Museu dos Irmãos Nobel.

3° DIA BAKU - GOBUSTÁN - BAKU

3° DIA BAKU - GOBUSTÁN - BAKU

Hoje vamos explorar os arredores de Baku. De manhã, saída para o Parque Nacional de Gobustan, rica em monumentos arqueológicos, a reserva possui mais de 600.000 pinturas rupestres, retratando homens primitivos, animais, peças de batalha, danças rituais, touradas, barcos a remo, guerreiros com lanças nas mãos, caravanas de camelos, imagens do sol e das estrelas, datadas de cerca de 5.000 a 20.000 anos, vulcões de Lama (esta visita depende das condições meteorológicas), o museu do Tapete – localizado num edifício muito peculiar, oferece a oportunidade de conhecer as diferentes variedades de tapetes de diferentes épocas. Os tapetes formam uma parte importante da cultura do Azerbaijão. Aqui você pode desfrutar de uma masterclass sobre como fazer tapetes típicos. Regresso à Baku.

4° DIA BAKU - TBILISI

Traslado ao aeroporto de Baku para embarque no voo diurno para Tbilisi. Chegada ao aeroporto de Tbilisi e transfer para o centro da cidade (*check-in a partir das 15h00). Hoje haverá uma visita à cidade que foi fundada no século V e atualmente é uma cidade moderna, com conhecidos museus e teatros, galerias de arte, igrejas e escavações arqueológicas; casas de banho de enxofre, pequenas ruas com pátios interiores, rodeadas de varandas que se projetam sobre os abismos. (a maior parte da visita será feita a pé). Nessa visita a Tblisi visitará a Fortaleza de Narikhala (SéculoIV), onde se chega de teleférico, Abanotubani - O bairro dos balneários sulfúricos, o lugar que deu origem à lenda sobre a fundação de Tbilisi, basílica de Anchiskhati (Século VI)e um passeio por ruas típicas como: Shardeni, Erekle II, ponto de encontro de muitos georgianos, repleto de bares e esplanadas, a Ponte da Paz e um passeio de barco no rio Mtkvari para desfrutar de vistas panorâmicas.

5° DIA TBILISI - MTSKHETA - TBILISI

Pela manhã exploraremos a antiga capital de Mtskheta - habitada desde o segundo milênio aC. É considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.
Locais que serão visitados:
• Igreja Jvari (séculos VI a VII) (Patrimônio da UNESCO) – uma obra-prima do início do período medieval e um dos melhores exemplos do design clássico de conchas em miniatura que impressiona os visitantes com sua grandeza e integridade
• Svetitskhoveli (século XI) (Património da UNESCO) que pode ser traduzido como “O pilar que dá vida/Pilar vivo”. É a igreja principal de Mtskheta e um local sagrado, onde, segundo a crença georgiana, é guardado o manto de Cristo.
• Avenida Rustaveli – a principal artéria da cidade com muitos edifícios emblemáticos
• Museu do Estado da Geórgia (NOTA: fechado às segundas-feiras)
• Degustação de vinhos no museu do vinho.

6° DIA GUDAURI - UPLISTISKHE - GORI - KUTAISI

Hoje embarcaremos na viagem para a segunda maior cidade – Kutaisi, passando pela região de Kartli, conhecida pelos seus campos verdes e muitos monumentos históricos.
Lugares para visitar:
• Uma breve visita ao museu de Stalin em sua cidade natal - Gori As exposições do museu recriam cenas surreais e reveladoras da vida do ditador e incluem fotos, presentes e móveis exclusivos. A casa onde Stalin nasceu está preservada sob um dossel de pedra nas proximidades. Você também visitará o vagão de trem com o qual viajou o líder da União Soviética.
• A cidade escavada na rocha de Uplistsikhe (1º milênio aC) - na tradução significa "A Fortaleza do Senhor", é uma antiga cidade-caverna ao ar livre, localizada no cruzamento de importantes rotas comerciais. Foi o principal centro do paganismo e representa um complexo de salas, cavernas, teatros, templos, altares pagãos, túneis, prisões secretas, farmácia, passagens de rua, tudo esculpido em pedra numa área de 4 hectares. No auge de sua prosperidade, a cidade tinha uma população de 20.000 habitantes. Nos séculos IX e X, uma basílica de três naves foi acrescentada ao complexo. (*é necessário caminhar em solo calcário por aproximadamente 1 hora e meia, há escadas, ladeiras para subir e descer, túnel com iluminação opaca; recomenda-se o uso de calçado fechado)
• O mosteiro de Ubisa, um local muito acolhedor e famoso pelos seus frescos do século XIV, que representam o martírio de São Jorge, padroeiro da Geórgia e santo muito venerado pelos habitantes locais.
• Uma curta caminhada pelo centro antigo de Kutaisi e visita à Catedral Bagrati.

7° DIA KUTAISI - VANI - BATUMI - KUTAISI

Pela manhã exploraremos os arredores de Kutaisi e depois viajaremos em direção à bela costa do Mar Negro – a região de Adjara, habitada desde a Idade da Pedra e repleta de todos os tons de verde, mesmo no inverno. Na Adjara existem principalmente duas zonas climáticas: o cabo, com o seu clima subtropical, e a zona montanhosa. Terminadas as visitas, volto para Kutaisi.
Lugares para visitar:
• Museu Arqueológico Vani (*NOTA: fechado às segundas-feiras)
• Centro Histórico de Batumi
• Uma curta caminhada pela Batumi Boulevard, onde você verá estátuas curiosas, a torre do alfabeto e o monumento aos personagens literários Nino e Ali, que representam uma história de amor entre um homem azerbaijano e uma mulher georgiana, obra do escritor azerbaijano Kurban Said
• Parque em miniatura Shekvetili

Almoço em restaurante local onde você experimentará o típico Adjaruli Khachapuri.

8° DIA KUTAISI - CUEVAS DE PROMETEO - AKHALTSIKHE

Pela manhã continuaremos com algumas visitas perto de Kutaisi e depois viajaremos para a região de Samtkhse-Javakheti, que pertencia à esfera histórico-cultural do leste da Geórgia. Localizado a 1000-1300 m. acima do nível do mar, é uma terra espetacular, que leva o nome de duas tribos georgianas que ali se estabeleceram. As paisagens da região de Samtskhe-Javakheti variam desde as florestas e prados subalpinos de Bakuriani até as ravinas vulcânicas nuas.
Lugares para visitar:
• O Mosteiro Gelati (século XII) (Patrimônio da UNESCO)
• Cavernas Cárticas de Prometeu
• Uma curta caminhada pelo parque Borjomi, famoso pelas suas águas minerais de origem vulcânica que emergem de cerca de 8 km de profundidade
• O complexo arquitetônico de Rabati.

9° DIA AKHALTSIKHE - FRONTEIRA DE VALE (TURQUIA) - LAGO CILDIR - KARS

Café da manhã no Hotel. Transfer para a fronteira do Vale (Turkgozu Sinir Kapisi) com destino à Kars com saída às 10:00 da manhã. Depois de quase 2 horas de viagem, visita ao Lago Cildir, um lago localizado muito perto do cruzamento das fronteiras turca/georgiana/armênia. O prato mais popular aqui é a carpa amarela conhecida como Sazan em turco. Almoço no Lago em Kutuk Ev. Após o almoço, tempo para desfrutar da impressionante paisagem natural dos arredores com o impressionante lago. Após o almoço, a viagem segue para Kars. A viagem levará cerca de 1 hora e, ao chegar à cidade, verá algumas das belas arquiteturas que sobreviveram. No centro da cidade, você verá a Igreja Alexander Nevsky (Mesquita Fethiye), o Cheltikov Hotel (Old Doctor's House), o Consulado Russo, a Receita Federal e a Mansão do Governador. Visita a Igreja dos Santos Apóstolos e o Castelo de Kars. Após a visita, traslado ao hotel. À noite, show de jantar caucasiano no restaurante Kars Kaz Evi.

10° DIA KARS – ANI - FRONTERA DE VALE – AKHALTSIKHE

De manhã, após o café da manhã no hotel, saída para a antiga cidade de Ani. Após uma viagem de cerca de 45 minutos, chegada a Ani, onde as ruínas estão em diferentes estados de conservação após os diferentes exércitos que atacaram a cidade antes de ser abandonada. Durante a caminhada, você terá tempo para fotografar os edifícios, entre os quais a Igreja Halaskar, a Igreja Pictórica, a Grande Catedral e a Mesquita Ebul Menucehr. Após a visita, retorno ao centro da cidade de Kars para almoçar no restaurante Hanimeli. Após o almoço, saída para Turkgozu Sinir Kapisi (fronteira do Vale). Formalidades aduaneiras. Troca de guia e ônibus. Fim dos serviços na Turquia. Na hora combinada, chegada ao ponto de fronteira do Vale, traslado ao hotel em Akhaltsikhe.
Refeições incluídas: café da manhã.

11° DIA BORJOMI - AKHTALTISKHE - VARDZIA - BAVRA(FRONTERA)- GYUMRI - FORTALEZA NEGRA - EREVAN

Café da manhã. Saída de Vadrzia. No caminho parada para tirar fotos do castelo Khertvisi. Mais tarde, visita a Vardzia, a cidade das cavernas construída pela rainha Tamar durante os séculos XII e XIII. Pensada como uma cidade-fortaleza, mais tarde tornou-se um mosteiro e um importante centro político, cultural, educacional e espiritual do país e está muito bem preservada. A excursão é feita a pé e dura aproximadamente 2  horas (*existem escadas e rampas para subir/descer, túneis semi-abertos e fechados). Transfer para o ponto fronteiriço de Bavra, entre Armênia e Geórgia, e continuação, já na Armênia, para Yerevan. Após as formalidades de fronteira, mudança de guia e veículo. Continue para a Armênia em direção à região de Shirak, para a cidade de Gyumri, que é uma cidade histórica e durante o período dos czares russos era Alexandropol e durante o período soviético Leninakan. É a segunda maior cidade do país e é considerada um dos centros culturais da Armênia. Almoço em um famoso restaurante de peixe (Hoje terá a possibilidade de experimentar churrasco de esturjão e diferentes tipos de peixe defumado) com cerveja caseira feita no mesmo restaurante. Chegada em Gyumri. Um passeio pela cidade, vamos visitar a Praça Vardanants, onde está localizada a Catedral da Santa Mãe de Deus, também conhecida como As Sete Dores da Bem-Aventurada Virgem Maria. Ao contrário de outras igrejas armênias, o altar da Santa Mãe de Deus é único por sua decoração multi-icônica e foi a única igreja, exceto a Catedral de Echmiadzin, que permaneceu ativa durante os anos soviéticos. Uma excursão à Fortaleza Negra, que é um antigo edifício que foi usado como fortaleza pelo exército do Império Russo. Construída entre os anos de 1828 e 1829, momento marcante na guerra entre russos e turcos nesse período, hoje esta impressionante fortaleza é considerada patrimônio cultural da Armênia. Chegada em Yerevan.

12° DIA EREVÁN - MATENADARAN - FABRICA DE BRANDY - MONASTERIO DE GEGHARD - TEMPLO DE GARNI

Após o café da manhã no hotel, começaremos a manhã rumo ao centro de Yerevan, que é uma cidade muito dinâmica dominada por edifícios de estilo soviético e construções recentes. Visitamos o melhor da capital: Mãe Armênia, Praça da República, Cachoeira, Ópera, Rua Abovyan, etc.
O monumento à Mãe Armênia foi erguido em 1967, substituindo outro monumento a Stalin. Em um pedestal de 36 metros está a estátua de uma mulher segurando uma espada nas mãos e um escudo nos pés. O monumento simboliza a luta do povo arménio pela paz e pela defesa da sua terra natal. Deste local você tem uma vista panorâmica da cidade de Yerevan a 1200 m. altitude acima do nível do mar. Visite Matenadaran-Mesrop Mashtots Institute é um museu de manuscritos antigos e um instituto de pesquisa. É um dos repositórios mais ricos do mundo de livros e manuscritos medievais, cobrindo uma ampla variedade de tópicos, incluindo medicina, história, filosofia, história da arte, literatura e cosmografia. Propriedade pública e inscrito no Programa Memória do Mundo da UNESCO, o Instituto constitui hoje “um dos locais essenciais para a elaboração e transmissão da memória nacional na Arménia”.
Continuamos nossa excursão para visitar a Cachoeira, um dos edifícios mais emblemáticos de Yerevan e um exemplo único de art déco e arquitetura monumental soviética. Desde 2009, funciona em Cascada o Centro de Arte Moderna, em homenagem ao seu fundador Gerard L. Cafesjian. Cafesjian Centro De las Artes está representado na Armênia com o melhor da arte contemporânea. É um centro único que reúne obras de artistas famosos de todo o mundo. O interessante é que a exposição começa fora dos muros do centro. Nas imediações do centro e no mesmo edifício encontram-se inúmeras obras de artistas internacionais, como Fernando Botero; Jaume Plensa; François-Xavier Lalanne; Peter Woytuk; Barry Flanagan David Breuer-Weil; Maylee Christie e muitos mais.
Almoço em restaurante central com comida tradicional armênia.

Após o almoço, iremos ao Mosteiro Geghard do século XIII, localizado no pitoresco vale do rio Azat, considerado um dos lugares mais impressionantes da Armênia do ponto de vista cultural e espiritual. É uma construção arquitetónica única, parcialmente escavada na montanha adjacente e rodeada de falésias, declarada Património Mundial pela UNESCO. A sua importância é ainda anterior à incorporação do cristianismo na Arménia, pois se sabe que os ritos pagãos eram realizados na primavera que corre neste local.
Concerto vocal de música medieval numa das capelas da gruta (15 minutos de duração).
Continuaremos em direção à cidade de Garni, famosa pelo seu complexo fortificado e pelo seu templo helenístico, obra do século I dC, em cujo recinto também se conservam restos de banhos romanos com mosaicos.
Jantar em restaurante com vista panorâmica do Templo Garni. Aqui participaremos na confecção de pão lavash armênio. Em 2014, "lavash, a preparação, o significado e a aparência do pão tradicional como expressão da cultura arménia" foi inscrito na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO.

13° DIA EREVAN - TEMPLO EZIDI KUBA MERE DIWANE - ECHMIADZIN - BODEGA DE VINHO ALLURIA - ZVARTNOTS

Após o café da manhã, início da viagem para a região de Armavír, a região mais populosa do país. A primeira parada será em Aknalich, onde em 2019 foi erguido o maior templo yazidi do mundo, Quba Mere Diwan, com 25 metros de altura e com sete cúpulas com signos solares que representam os sete anjos venerados pelos yazidis. O design é fortemente inspirado em Lalish, o templo mais sagrado dos Yazidi e um local de peregrinação. Em um parque de estátuas em frente ao templo há uma estátua da vencedora do Prêmio Nobel Nadia Murad. Os yazidis são uma minoria religiosa e étnica de origem curda, cuja história está intimamente ligada à da Armênia. Continua para a cidade de Etchmiadzin - a cidade sagrada da Armênia, e a sede e residência oficial dos Católicos de todos os armênios, o patriarca supremo da Igreja Apostólica Armênia. A Catedral de Etchmiadzin é a igreja cristã mais antiga do mundo. A construção começou em 301, no mesmo ano em que a Armênia adotou o cristianismo como religião oficial. Também visitará o museu Echmiadzin, onde estão guardadas as relíquias mais reverenciadas da Igreja Apostólica Armênia. Neste dia terá a oportunidade de almoçar num autêntico refeitório do século XIX, com comida à base de receitas medievais arménias. Após o almoço visita à adega da família ALLURIA com degustação de vinhos orgânicos. Retorno à Yerevan com uma parada para fotos para contemplar uma das jóias mais preciosas da arquitetura medieval armênia, o magnífico Templo Zvartnots (O Templo dos Anjos Celestiais) construído no século VII. Foi nomeado como um Patrimônio Mundial da UNESCO e o grande valor deste "museu ao ar livre" não é apenas o fato de ser herdado do século VII, mas também de parecer magnífico com seus impressionantes ornamentos e arcos que, de longe, parecem estar pendurados no céu. Aqui o grupo aguarda uma recepção especial - 12 mulheres vestidas com trajes tradicionais correspondentes às 12 antigas capitais da Armênia vão cumprimentar o grupo e levá-los ao monumento. No final uma foto de recordação com o grupo que depois cada um receberá a sua foto. Chegada em Yerevan. Tempo livre para contemplar a cidade com visita ao Vernisage – Mercado de Artesanato.

14° DIA EREVÁN - SEVAN - DILIJAN - MONASTERIO DE HAGHPAT - TBILISI

Café da manhã no hotel e saída para o Lago Sevan, de água doce, localizado a 1.900 metros acima do nível do mar e com área de aproximadamente 1.200 quilômetros quadrados, é considerado o segundo maior lago alpino do mundo. Visita ao Mosteiro de Sevanavank: Seu nome significa "mosteiro negro" e é o complexo religioso mais importante às margens do Lago Sevan. Quando foi construído por volta do ano 874 por ordem da princesa Mariam Bagratuni estava numa pequena ilha lacustre, mas hoje (e depois de uma queda acentuada do nível da água nos tempos da URSS em que estava prestes a ser cometida uma catástrofe de tipo ecológico Mar de Aral) está localizada em uma espécie de península coroada por uma colina que deve ser escalada por escadas. Passeio de barco no lago com duração de uma hora. Após o passeio de barco, visita à estância balnear de Dilijan, nomeada por sua incrível vegetação como Pequena Suíça, chegamos ao complexo monástico de Haghpat. O mosteiro foi fundado no século X em uma das épocas mais estáveis ​​e prósperas do país. O complexo é descrito como uma das obras-primas da arquitetura religiosa do mundo, além de ter sido um centro de aprendizado religioso durante a Idade Média, pelo qual foi incluído na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO no ano de 1996. Almoço em restaurante com vista panorâmica do canyon do rio Debed. Após almoço, chegada à fronteira da Armênia e Geórgia (Sadakhlo), à hora combinada chegada ao ponto fronteiriço de Sadakhlo, após formalidades alfandegárias mudança de guia e veículo, transfer para Tbilisi. Chegada em Tblisi e check-in no hotel. Resto do dia livre em Tbilisi.

15° DIA TBILISI

Na hora combinada, durante a madrugada, transfer para o aeroporto de Tbilisi.

Preço

A partir de US$ 5,847.00 ( R$ 33.094,02 ) preço por pessoa
Individual

US$ 6,754.00
( R$ 38.227,64 )
valor por pessoa
Duplo

US$ 5,847.00
( R$ 33.094,02 )
valor por pessoa
Triplo

A Consultar
(valor por pessoa)

* Valores referentes ao pacote terrestre em dólares, por pessoa, hotel categoria turística.
* Voos não inclusos.

Peça seu orçamento

Informações de Pagamento

8X Sem Juros

Sendo 30% de entrada + Saldo em até 7 parcelas nos cartões de credito: VISA, MASTERCARD, DINERS, ELO ou AMEX (Emitido no Brasil e de pessoa física);

Dólar Turismo do dia do pagamento da viagem.

 

* Valores e condições sujeitos à alteração sem prévio aviso

Inclui

  • Assessoria de embarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos
  • Serviço de recepção e boas vindas no Aeroporto de Baku;
  • Acompanhamento de guia falando português ou espanhol durante toda a viagem.
  • Transporte em ônibus ou microônibus especial para turismo;
  • 14 noites de hospedagem nas cidades mencionadas na programação;
  • Café da manhã diário;
  • Entrada e/ou ingressos a todas as atrações informadas.
  • Serviço de maleteiros nos hotéis (1 mala por pessoa)
  • Aéreo interno Baku – Tbilisi em classe econômica com 1 bagagem despachada de 20Kg em cia aérea local
  • Seguro Viagem Internacional – INTERMAC, Plano LS60 para passageiros com idade inferior a 75 anos.

 

Hotéis:

  • Baku: Courtyard by Marriott Baku
  • Tblisi: Hotel Museum
  • Kutaisi: Hotel New Port
  • Hotel Lomsia: Akhaltsikhe
  • Kars: Hotel Simer Kars
  • Erevan: Hilton by Doubletree

Não inclui

  • Refeições não mencionadas;
  • Bebidas durante as refeições;
  • Gorjetas para carregadores nos aeroportos e hotéis, motoristas e guias;
  • Excesso de bagagem;
  • Extras de caráter pessoal (telefonemas, bebidas, lavanderia);
  • Despesas com documentações;
  • Vistos e vacinas (caso necessários)
  • Early check in e late check-out, exceto quando mencionado ao contrário;
  • Serviços opcionais;
  • Qualquer item não mencionado como incluído;

Informações Importantes

Vestimenta adequada:

Em visita a locais religiosos, os passageiros deverão estar com roupas discretas, ombros e pernas cobertos. Homens e mulheres devem usar calças compridas (não podem ser justas ao corpo) e camisas com mangas, sem transparências e calçados;

 

Documentos Necessários Para Embarque:

Brasileiros: Passaporte (validade mínima de 6 meses).
Estrangeiros: é necessário RNE original e Passaporte. Importante verificar se o país de destino exige visto de seu país natal.
Menores de 18 anos viajando desacompanhados – autorização por semelhança de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe ou acompanhados por terceiros maiores e capazes).
A mesma regra se aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por semelhança do genitor que não viajará.
Firma reconhecida por semelhança: significa que a assinatura de ambos os pais no documento de autorização pode se dar por meio do reconhecimento de firma já registrada em cartório.

 

Vistos:

Brasileiros não precisam de visto para Armênia, Azerbaijão, Georgia e Turquia, desde que viajem a turismo e com permanência de até 90 dias.
Estrangeiros: Consultar Consulado e/ou Embaixada de Israel.
É recomendável a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela emitido com pelo menos 11 dias antes do embarque. http://portal.anvisa.gov.br/dicas-de-saude-para-viagem

 

Lembramos que a documentação de viagem é de responsabilidade dos passageiros e devem ser confirmadas junto aos Consulados e Cia. Aérea a cada viagem.

Alterações e Cancelamentos

Em caso de cancelamento por parte do passageiro, será cobrada taxa contratual Operador de 10% (dez por cento) + taxa administrativa de 5% (cinco por cento), acrescendo  multas específicas  de cada hotel/fornecedor de serviços se aplicadas conforme serão informadas na confirmação de reserva, consulte-nos.

 

** As Condições Específicas de alguns hotéis podem variar e serão informadas na Confirmação de Reserva.**

*As multas por cancelamento estão em conformidade com a Deliberação Normativa EMBRATUR n.o 161/85

SENTIDOS – ENTRE A EUROPA E A ÀSIA – CAUCASO – SETEMBRO 24 (T)

Claim listing: Grupo Armênia, Azerbaijão, Georgia e Turquia – Sentidos