Muito mais do que mergulhar

O Brasil é um país tropical aonde o calor está presente em quase todo seu território. Somos abençoados por ter milhares de quilômetros de litoral e inúmeros rios de águas cristalinas. Consequentemente, nós possuímos muitas atividades aquáticas, que vão desde um mergulho com cilindro até lanchas de alta velocidade. Porém, uma das atividades que mais tem crescido e conquistado o coração dos turistas é a flutuação. Sem necessidade de técnicas ou força, a flutuação tem sido cada vez mais praticada por turistas de todas as idades, mesmo por aqueles que tem um pouco de receio na hora de entrar na água. Nela você não precisa mergulhar, apenar boiar e curtir o passeio.

A flutuação não é nada mais do que o próprio nome diz. Com a ajuda de um colete salva vidas, sandálias e um snorkel, o turista pode cair na água e descobrir o mundo que existe debaixo dela. Esses passeios normalmente são feitos em rios de água cristalina, aonde a visibilidade é muito maior. Nesses rios é possível observar a vida subaquática, como peixes, raias e espécies de plantas que nunca iremos ver na superfície.

Um dos melhores lugares para a pratica desse esporte é em Bom Jardim, distrito de Nobres, no Mato Grosso. No meio do cerrado é possível conhecer as belezas do Rio Triste, que só possui tristeza apenas em seu nome. Na verdade o rio é lindo! Devido a grande quantidade de calcário, suas águas são quase transparentes. Pacus, Pintados e Dourados parecem estar flutuando, vivendo em total harmonia com o rio. As arraias são as estrelas da atividade. Normalmente elas estão dormindo no fundo da água, mas, para quem tiver sorte, assistir o nado da arraia é uma das coisas lindas do passeio.

A descida do rio é de aproximadamente uma hora e é possível percorrer 1,2 km do Rio Triste. A temperatura da água é muito agradável e não existe a necessidade de se usar roupas térmicas. As sandálias são para ajudar na flutuação e para o turista se apoiar em pedras e troncos que estão espalhados por todo o percurso. O passeio é tão gostoso que a hora passa rapidinho. A vontade é de ficar mergulhado nesse mundo e não sair mais.

A flutuação é uma atividade muito gostosa e relaxante. O viajante não precisa fazer nenhum esforço para curtir o passeio. A própria correnteza do rio leva o turista pelo percurso com muito atrativos. Ele só precisa relaxar e curtir.

Bom Jardim é um dos principais destinos para quem conhece o Mato Grosso. Além dos lindos rios, existem outras atividades que podem ser realizadas no lugar. Entre as mais procuradas está o nascer do sol na Lagoa das Araras, o boia cross no Duto do Quebó e a Cachoeira Serra Azul, que também possui águas transparentes e muita vida aquática.

Ficou com vontade de conhecer o Mato Grosso? Então entre na página de destino da Gold Trip e procure o roteiro que mais combina com você.

LOGO VIAJE COMIGO SOZINHO PNGNovo Gold Trip PNG