Dia 1- Victoria Falls, o início da aventura

O nosso primeiro dia é destinado a receber os viajantes no aeroporto de Victoria Falls, no Zimbabué, onde teremos um transfer à nossa espera para nos levar para o hotel. Vamos nos conhecer um pouco melhor e nos preparar para a aventura que está por vir. O guia de viagem irá fazer uma apresentação sobre os aspetos mais relevantes da viagem e esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir. Esta passagem pelo Zimbabué será breve, pois utilizamos o aeroporto de Victoria Falls por ser mais prático e central nesta viagem. Retornaremos aqui, com mais tempo no final da viagem,  para conhecermos bem as Cataratas Vitória.

 

Hotel: Shearwater Explorers Village

Dia 2 - A Botsuana selvagem

Atravessamos a fronteira para Botsuana, onde começamos a nossa aventura.
O destino de hoje é o Parque Nacional de Chobe, conhecido por abrigar a maior concentração de elefantes do mundo. São mais de 50.000 elefantes que vivem espalhados por todo o parque e principalmente junto às margens do Rio Cuando. Pelo caminho, cedo percebemos porque a chamam de “Botsuana selvagem”.
Será aqui onde iremos fazer um passeio de barco durante a tarde até ao pôr-do-sol. Esta experiência é verdadeiramente inesquecível, uma das preferidas dos viajantes, pela imensidão e proximidade de vida selvagem que se pode avistar do barco.

 

Hotel: Thebe River Safaris Lodge

Alimentação inclusa: café da manhã, Almoço, Jantar

Dia 3 - Chobe, o parque dos elefantes

Voltamos para o Parque Nacional de Chobe para fazermos um safari de outra perspectiva, mas desta vez em carro aberto de safari. Este parque localizado no norte do Botsuana, a uma curta distância de Kasane e das Cataratas Vitória foi o primeiro parque nacional designado do Botsuana. Com mais de 11.700 km2, é um dos maiores de África abrangendo muitas áreas distintas, desde savana árida a extensas zonas pantanosas, zonas ribeirinhas, florestas, pastagens e planícies de argila. O dia de hoje será destinado a conhecermos ao máximo deste riquíssimo ecossistema.

 

Hotel: Thebe River Safaris Lodge

Alimentação inclusa: café da manhã, Almoço, Jantar

Dia 4 - O Delta do Okavango

Após um bom café da manhã, pegaremos um curto voo doméstico de Kasane para Maun e daí seguiremos para o nosso próximo acampamento privativo no interior do Delta do Okavango. E a melhor maneira de conhecer esse fenômeno e contemplar a beleza deste lugar é navegar num mokoro (as canoas tradicionais) pelos labirínticos cursos de água e lagoas até ao interior do Delta. É precisamente aqui onde iremos acampar nos próximos 2 dias, uma verdadeira imersão na natureza, na companhia de muitos animais que nos observam à distância.

 

Hospedagem: Acampamento assistido no interior do Delta

Alimentação inclusa: café da manhã, Almoço, Jantar

Dia 5 - Delta do Okavango, o grande oásis do Kalahari

Este dia reserva algo verdadeiramente inesquecível, que poucos têm o privilégio de experimentar. Depois de termos conhecido o Delta do Okavango de canoa, hoje vamos explorá-lo de outra forma, a pé! As inúmeras ilhas estão repletas de vida. Ter a oportunidade de fazer uma caminhada por esta região e observar animais selvagens no seu habitat natural é uma experiência inacreditável e certamente um dos pontos altos da viagem.

 

Hospedagem: Acampamento assistido no interior do Delta

Alimentação inclusa: café da manhã, Almoço, Jantar

Dia 6 - Okavango, as ilhas selvagens

Hoje iremos novamente explorar o Delta a pé e de mokoro em busca das várias espécies que habitam este ecossistema único. Teremos também tempo para fazermos um passeio de mokoro até ao pôr-do-sol. Estes dias no Okavango são, sem dúvida o ponto alto da viagem e que deixarão memórias para sempre.

 

Hospedagem: Acampamento assistido no interior do Delta

Alimentação inclusa: café da manhã, Almoço, Jantar

Dia 7 - Makgadikgadi, as planícies de sal

Hoje chegaremos às planícies de sal de Makgadikgadi, um dos maiores “salars” do mundo (salinas naturais), um vestígio do que já foi um dos maiores lagos interiores da África. Durante os anos de muita chuva, as duas maiores salinas, Sowa, no leste, e Ntwetwe, no oeste – inundam e atraem zebras, gnus e grandes bandos de flamingos. Não há pastagens nas planícies, mas têm vegetação rasteira, palmeiras e baobás antigos, que formam uma paisagem deslumbrante. Os primeiros exploradores, como David Livingstone, arriscaram as suas vidas explorando essa região selvagem em carroças de boi, com poucas opções de navegação. Na estação úmida, essas áreas podem atrair grandes manadas de animais que migram para o oeste em direção ao rio Boteti, seguidos por uma série de predadores. Outros animais a ser observados incluem elefantes, hienas, suricates e espécies noturnas e adaptadas ao deserto. Neste destino faremos uma excursão matinal às salinas e à colônia de suricates e pernoitaremos uma noite nas salinas.

 

Hotel: Planet Baobab Lodge

Alimentação inclusa: café da manhã e jantar

Dia 8 - Elephant Sands, os gigantes do Kalahari

Depois de termos explorado o Delta, voltamos a entrar pelo Kalahari em direção a Norte. Este lugar onde vamos pernoitar é conhecido por receber diariamente as grandes manadas de elefantes que ali se deslocam para saciar a sede no charco. Será um final de tarde sensacional com um pôr-do-sol deslumbrante e com muitos elefantes a compor o cenário.

 

Hotel: Elephant Sands Lodge

Alimentação inclusa: café da manhã e jantar

Dia 9 - Victoria Falls, o fumo que troveja

Será uma viagem curta até ao nosso destino final, as Cataratas Vitória, onde iremos passar a nossa última noite. Faremos uma visita guiada às Cascatas e à floresta úmida à sua volta. Cataratas Vitória que na língua local têm o nome de Mosi oa Tunya (fumo que troveja) devido à nuvem de vapor de água que se eleva a centenas de metros no ar e com o impacto ruidoso do Rio Zimbábue que cai de uma altura de 120 metros. A água que volta a cair na forma de precipitação cria uma floresta úmida com espécies de plantas que só podem ser encontradas a muitas centenas ou milhares de quilómetros de distância nas zonas equatoriais. Teremos a oportunidade de ver este ecossistema único e as monumentais cataratas durante a parte da tarde.

 

Hotel: Shearwater Explorers Lodge

Alimentação inclusa: café da manhã

Dia 10 - Retorno

Chegamos ao fim da nossa viagem. Foram 10 dias intensos e memoráveis com muitas histórias para contar. Esperamos vê-lo novamente.
Até breve!

Alimentação incluído: Pequeno-almoço

Preço

A partir de € 3,681.00 ( R$ 22.711,77 ) preço por pessoa
Individual

A Consultar
(valor por pessoa)

Duplo

€ 3,681.00
( R$ 22.711,77 )
valor por pessoa
Triplo

A Consultar
(valor por pessoa)

* Valor referente ao pacote terrestre em euros, por pessoa, hotel categoria primeira.
* Valor pode variar de acordo com a data embarque e forma de pagamento
* Voos não inclusos

Peça seu orçamento

Informações de Pagamento

  • À vista com 3% de desconto
  • Entrada de 40% + 3 parcelas (sem juros) no cartão de crédito

Inclui

  • Hospedagem 9 noites (6 em lodge/hotel e 3 em acampamento assistido*)
    * equipe de apoio que monta acampamento e responsável por toda a logística
  • Transporte durante toda a viagem
  • 9 cafés da manhã + 5 almoços + 7 jantares
  • Acompanhamento 24h em Português durante toda a viagem. Guia exclusivo com certificado FGASA e cursos de Primeiros Socorros em TSP e Wilderness First Responder.
  • Diversos guias locais.
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Todas as entradas e taxas turísticas nos locais a visitar:– Delta do Okavango
    – Parque Nacional de Chobe
    – Cataratas Vitória
    – Makgadikgadi
  • As seguintes atividades:
    – Caminhada no Delta do Okavango
    – Passeio de mokoro no Delta do Okavango
    – Passeio de barco no Rio Chobe
    – Safari no Parque Nacional Chobe
    – Passeio pelas planícies de sal de Makgadikgadi
    – Visita às Cataratas Vitória
  • Seguro de viagem

Não inclui

  • Voos internacionais
  • Visto de entrada no Zimbabué
  • Atividades não inclusas no programa ou descritas como Extra | Opcional
  • Alimentação não especificada
  • Outros transportes de caráter pessoal
  • Despesas pessoais e gorjetas

Informações Importantes

  • A inscrição e confirmação para esta viagem no período entre Junho e Setembro deve ser feita com a maior antecedência possível, uma vez que a disponibilidade no Delta do Okavango é reduzida e esgota muito rápido;
  • Confirmação da viagem sujeita ao mínimo de 5 participantes;
  • Para pacote individual, viagem privada ou datas diferentes, por favor entrar em contato;
  • É possível prolongar a sua estadia pré ou pós viagem e até combinar com outros destinos. Esta viagem combina perfeitamente com uma extensão à Cidade do Cabo ou à Garden Route na África do Sul. Outra possível extensão de viagem é a Namíbia, com o seu impressionante deserto do Namibe e Sossusvlei. Só terá de nos comunicar com a maior antecedência possível e será um prazer adicionar mais conteúdo à sua viagem;
  • O visto para entrar em Botsuana é gratuito e pode ser emitido na entrada do país, no aeroporto ou entrada terrestre no posto de fronteira. O visto para entrar no Zimbabué tem um custo de 50$ e pode ser emitido na entrada do país no posto de fronteira;
  • Estes países são bastante seguros. Todos os lugares que visitamos e as hospedagens incluídas no roteiro são criteriosamente escolhidos tendo em conta um conjunto de condições, relacionada a segurança. Viajar nestes destinos apresenta os riscos habituais de viajar em países em desenvolvimento. O guia de viagem e os guias locais com quem trabalhamos são pessoas devidamente certificadas para orientar grupos em áreas com vida-selvagem africana e com bastante experiência nos locais onde atuam. No 1º dia será feito um briefing com o guia de viagem para falar de todos os aspetos que merecem especial atenção;
  • Esta viagem não apresenta desafios exigentes em termos de condição física. As caminhadas que realizamos são de curta duração, curta elevação e assegurando todas as condições de segurança. Não é, de todo, necessária uma grande forma física ou jovialidade para participar em todas as experiências incluídas nesta viagem. É, no entanto, uma viagem que pode gerar algum cansaço para algumas pessoas devido aos despertares matutinos e alguns quilómetros na estrada. Por experiência, após o 3º dia todos entram no ritmo;
  • Recomendamos todos os viajantes fazer a Consulta do Viajante com antecedência. A profilaxia contra a malária é normalmente recomendada porém não é obrigatória para efeitos de entrada nos países. Temos sempre conosco um kit de primeiros socorros mas os viajantes devem trazer também o seu próprio, com a medicação básica necessária. Caso tome alguma medicação regular, aconselhamos a levar o necessário para toda a estadia, pois pode não ser fácil encontrar esses medicamentos nas farmácias locais;
  • A hospedagem em lodges será em quarto twin ou duplo com banheiro privativo. Os viajantes que viajam em casal poderão solicitar, durante o processo de reserva, quarto duplo (1 cama de casal) em vez de twin (2 camas individuais). Durante os dias de acampamento assistido, o alojamento será em tenda privada para 2 pessoas, com banheiro compartilhado com o resto do grupo. Todo o equipamento de camping será fornecido por nós. Podemos personalizar ainda mais a sua hospedagem na viagem nas seguintes condições: Existe a possibilidade de realizar a viagem em regime individual. Se assim desejar, poderá solicitá-lo durante o processo de reserva. Será cobrado um valor adicional. Existe a possibilidade de antecipar ou prolongar a estadia. Se assim desejar, poderá solicitá-lo durante o processo de reserva. Será cobrado um valor adicional;
  • Os meios de transporte serão sempre privados para o grupo de viagem em veículo de passageiros ou em carros 4×4 próprios para safari. Os traslados ao longo da viagem estão incluídos conforme descritas no programa de viagem e terão a assistência do guia ou de um membro de staff. No dia anterior a cada transfere será feito um rápido briefing pelo guia com a confirmação da hora de saída e com toda a informação necessária para a sua organização;
  • A maioria das refeições estão inclusas no valor da viagem e serão realizadas nos hotéis. As refeições que não estiverem incluídas, quando possível, serão feitas em restaurante, por conta própria. Nestes dias em que as refeições não estão inclusas, sugerimos restaurantes locais com pratos típicos ou de acordo com as preferências dos viajantes, que podem variar de 5 a 15 dólares. O planejamento das refeições será comunicado diariamente durante o briefing;
  • Os transferes estão inclusos e serão previamente organizados de acordo com os horários dos voos dos viajantes;
  • Recomendamos levar cerca de 200 dólares. Lembre-se que terá de pagar o visto de entrada no Zimbabué em dólares (50USD) e por vezes o pagamento por cartão não está disponível. Em Botsuana aceitam pagamentos em Pulas e em alguns lugares em Dólares. Os Euros dificilmente serão aceitos neste país. Nos pagamentos efetuados em Dólares poderá receber o troco em moeda local, que irá utilizar ao longo da viagem. Existem ATMs em quase todas as cidades ao longo do caminho e esta é, sem dúvida, a maneira mais fácil de obter moeda local e também a maneira mais segura para evitar ter que levar muito dinheiro. Convém recordar que sempre que fizer um saque, terá que pagar uma comissão ao banco. Normalmente as comissões de saque são bastante superiores às de pagamentos com cartão. Os principais cartões de crédito podem ser usados nos hotéis/lodges, supermercados ou restaurantes. Algumas lojas menores poderão não aceitar cartões;
  • A idade mínima para realizar esta viagem é 14 anos e devidamente acompanhado/a por, pelo menos, um dos progenitores ou um tutor responsável. Não existe idade máxima para realizar esta viagem. Apenas se recomenda que os participantes tenham uma razoável condição física e espírito de aventura.

Alterações e Cancelamentos

Consulte-nos!

Grupo O melhor de Botsuana & Victoria Falls | África Austral – set 25 (AF)

Claim listing: Grupo O melhor de Botsuana & Victoria Falls | África | Em Português